11
abr
08

Iguais a Ele

Porque eu sou o SENHOR vosso Deus; portanto vós vos santificareis, e sereis santos, porque eu sou santo” Lv 11:44

Tornar-se puro e separado para o Senhor é algo prático para as vidas dos cristãos (aqueles que são semelhantes a Cristo), e isso, deve ser uma busca diária .

Assim que aceitamos a Cristo, nos tornamos santos, contudo, ainda existem coisas que precisamos mudar, um bom exemplo disso, são as cartas de Paulo que começavam saudando aos santos da cidade e depois apresentavam inúmeras correções e puxões de orelhas, diagnosticando aspectos que deveriam ser mudados pela comunidade.

O que nos torna santos é a presença do Santo Espírito de Deus em nós (1 Co 6:19), assim sendo, nossas ações, palavras, pensamentos, devem refletir o caráter de Deus (Mt 5:14), para que assim Ele chegue aos que estão em nossa volta.

A santificação é um processo, ainda que com alguns aconteça, não é muito comum que os hábitos que tivemos por anos, sejam modificados do dia para a noite. Neste processo, começamos a fazer o que Deus deseja, pois movidos pelo Espírito, começamos a distinguir melhor as coisas que agradam e desagradam a Deus, assim, vamos nos livrando do poder do pecado.

Ao observamos a passagem da oferta da viúva, Jesus ensina que ela trouxe a maior oferta. Não em relação ao valor, mas em relação a sua atitude. Certamente aquela viúva fez um grande sacrifício para entregar tudo o que tinha (algumas moedas), demonstrando grande fé na provisão do Senhor. Já os demais poderosos que ofertavam, eles faziam com que sobrava, não tendo o menor sacrifício em suas ações. Provavelmente, eles faziam por mera religiosidade, ou quem sabe, para se destacar entre os presentes, creio que o sentimento do Senhor em relação a atitudes como esta, é semelhante a carta de Laodicéia em Apocalipse: “Conheço as tuas obras, sei que não és frio nem quente. Quem dera fosses frio ou quente! Assim, porque és morno, e nem és quente e nem frio, estou a ponto de vomitar-te da minha boca.” (Ap 3.15-16.) .

Não que já a tenha alcançado, ou que seja perfeito; mas prossigo para alcançar aquilo para o que fui também preso por Cristo Jesus. Irmãos, quanto a mim, não julgo que o haja alcançado; mas uma coisa faço, e é que, esquecendo-me das coisas que atrás ficam, e avançando para as que estão diante de mim,  prossigo para o alvo, pelo prêmio da soberana vocação de Deus em Cristo Jesus.” (Fl 3:12-14) A partir deste texto de Paulo, fica claro que enquanto vivermos, estaremos em transformação, e será necessário persistir na caminhada, rumo ao nosso alvo. O primeiro passo para a santificação e o desejo de intimidade com o Senhor (Leia o texto “Amigos de Deus”), a partir de então, conhecer os desejos do Senhor, se torna bem mais fácil. É como em um casamento, quanto mais o tempo passa, mais os noivos se conhecem.

Uma passagem importante que devemos levar em consideração no que se refere a santificação, está no livro de Números no capítulo 6. Esta passagem relata o voto do Nazireu. Quando uma pessoa fosse completamente separada para o Senhor, ela não podia beber bebidas fortes, ou qualquer coisa do fruto da vide, não cortaria o cabelo, e não poderia ter contato algum com cadáveres. Desta forma, aqueles que optavam por este voto, mostravam através de suas atitudes, o máximo do padrão divino de santidade, de consagração e de dedicação diante do povo, assim, o desejo de ser separado para o Senhor devia ser primeiro no coração, e depois nas atitudes externas. Imagine o quanto seria difícil para uma pessoa, se afastar do vinho ou qualquer coisa feita de uva, sendo que o vinho era algo muito desejado naqueles dias. Imagine o quão desagradável seria para o homem deixar o cabelo crescer, uma vez que cabelo comprido para os homens naquela época, era sinal de desonra.

Muitos cristãos têm se esquecido da santidade do Senhor e o buscam apenas para suprir as suas necessidades pessoais. Outros estão envolvidos em pecados e ainda esperam que Deus responda às suas orações e receba seu louvor maculado. Parece que muitos se esqueceram que pecar de maneira voluntária e habitual é como desprezar e pisotear o precioso sangue de Jesus (Hb 10.29).

Ajuda-nos Senhor.

Abraços

Segui a paz com todos, e a santificação, sem a qual ninguém verá o Senhor” Hb 12:14


0 Responses to “Iguais a Ele”



  1. Deixe um comentário

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


"Lembrem-se dos primeiros dias, depois que vocês foram iluminados..." Hebreus 10:32
abril 2008
D S T Q Q S S
« mar   maio »
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930  

Categorias


%d blogueiros gostam disto: