26
set
08

Espiritualidade em Jó

“Tudo isto vi nos dias da minha vaidade: há justo que perece na sua justiça, e há ímpio que prolonga os seus dias na sua maldade.” Ec 7:15

O sofrimento do justo é algo inquietante ao ser humano, independente de crenças e religiões. Fazer o bem e receber algo contrário a isso, é incompreensível ao entendimento  (limitado) do homem, como percebemos no livro de Jó, através de seus questionamentos a cerca das situações adversas que ele atravessava e também pelos diálogos com seus amigos no decorrer da história.

Jó manteve-se íntegro durante toda sua vida e Deus honrou sua persistência em confiar nele. Mesmo sofrendo ataques devastadoras em sua vida pessoal, profissional e familiar, Jó soube lidar com sofrimentos aos quais muitos de nós nem ousamos imaginar.

Através do sofrimento, podemos nos achegar mais a Deus, nos conscientizando de sua Soberania e Magnitude, mas não devemos fazer disso uma “receita” que nos prende ao sofrimento como única maneira de nos aproximar de Deus. Se com Jó o sofrimento foi uma forma de prová-lo, inúmeros outros valentes bíblicos foram provados por ter em abundância e em situações extremas de sucesso e conforto, como Davi e Saul que em momentos distintos, possuíam toda honra possível.

Por não pertence ao sistema dominado e dirigido por Satanás, que vive debaixo da regra do pecado, o justo pode sofrer. O evangelho é uma contra cultura à cultura do mundo, e como não pertencemos a este sistema nós o incomodamos. O justo padece sofrimentos porque a sua maneira de viver contraria o mundo. Por isso o mundo nos quer colocar em servidão e nos aborrecer.

Apesar de tudo, acredito que algumas perguntas permaneceram sem resposta e nos impulsionaram para um novo nível de fé, onde só podemos crer. Que nós, cristãos, aprendamos com o sofrimento a deslocar o olhar das adversidades, a obter uma visão transcendental, a colocar a Palavra de Deus como prioridade em nossa vida e a buscar forças no Senhor para superar os obstáculos de nosso dia-a-dia.

“Eis que temos por bem-aventurados os que sofreram. Ouvistes qual foi a paciência de Jó, e vistes o fim que o Senhor lhe deu; porque o Senhor é muito misericordioso e piedoso.” Tg 5:11

Abraços


1 Response to “Espiritualidade em Jó”


  1. 1 luis
    3 novembro, 2008 às 6:24 pm

    Paz

    Por gentiçleza, inclua meu blog: http://luissaro.wordpress,com

    obrigado


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




"Lembrem-se dos primeiros dias, depois que vocês foram iluminados..." Hebreus 10:32
setembro 2008
D S T Q Q S S
« ago   out »
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
282930  

Categorias


%d blogueiros gostam disto: