31
out
08

A Preparação de Jairo

Então um homem chamado Jairo, dirigente da sinagoga, veio e prostrou-se aos pés de Jesus…” (Lc 8:41)

 

Ao lermos a passagem do encontro de Jairo, um dirigente da sinagoga e Jesus, podemos ter muitas lições em um pequeno espaço de tempo, onde Jairo muito aprendeu e nós podemos aprender muito com esta passagem e também com a atitude de Jairo.

 

Jairo passava por uma situação muito difícil e delicada, sua única filha estava a beira da morte. Provavelmente Jairo a levou a vários médicos buscando a cura para a doença que afligia sua filha, mas sempre sem sucesso. Talvez até mesmo alguns médicos deram como certa a morte de sua filha, mas Jairo em algum momento ouviu falar sobre Jesus, sobre os milagres que ele vinha realizando, então, a esperança encheu o coração de Jairo.

 

Para que sua filha fosse curada, Jairo transpôs vários obstáculos

 

1 – Posição / Títulos

 

Então um homem chamado Jairo, dirigente da sinagoga…” (Lc 8:41)

 

Jairo era o dirigente da sinagoga, ou seja, ele possuía um título, uma posição, que poderia impedi-lo de chegar até Jesus, se prostrar aos seus pés e implorar pela cura de sua filha. Certamente não cairia bem para um a pessoa pública como Jairo, se prostrar diante de outra pessoa, mas para salvar sua filha , Jairo não se importou e se humilhou.

 

2 – A Multidão

 

Estando Jesus a caminho, a multidão o comprimia.” (Lc 8:42)

 

Depois de ter seu pedido atendido, Jairo teve que transpor a multidão para que Jesus chegasse até a sua casa para ver a sua filha que estava a morte. Seria muito fácil para que Jairo vendo a multidão que cercava Jesus desistisse de seu desejo. Seria muito fácil para Jairo ao ver a multidão pensasse que não conseguiria chegar até Jesus, mas Jairo transpôs a multidão por duas vezes, a primeira delas, quando chegou até Jesus, pois a multidão já o cercava (Lc 8:40), e depois quando ele conseguiu falar com Jesus e eles juntos teriam que sair do meio da multidão para chegar até a casa de Jairo (Lc 8:42).

 

3 – Impaciência

 

Na presença de todo o povo contou por que tinha tocado nele…” (Lc 8:47)

 

Dos obstáculos Jairo já havia conseguido ultrapassar, agora vinha o terceiro que parecia ser mais difícil. Uma mulher que sofria de uma grave doença a doze anos e nenhum médico conseguiu curá-la, mas ouvindo falar de Jesus creu que se apenas tocasse nas vestes de Jesus poderia ser curada de sua enfermidade, e assim, conforme sua fé ela fé e foi curada. Ao perceber que alguém o havia tocado, Jesus perguntou: “Quem tocou em mim?” (Lc 8:45), algo diferente havia acontecido, pois certamente muitos já deveriam ter tocado em Jesus, tendo em vista que a multidão o comprimia,conforme o próprio Pedro afirmou no versículo 45 do capítulo 8.

 

Ao perceber que não passaria desapercebida, a mulher confessou que ela tocou em Jesus e foi curada, então, começou a contar o motivo que a levou a tocar nele. Agora imaginem, Jairo estava com a sua filha a morte, e derrepente uma mulher para Jesus, e começa a conversar com ele, o impedindo de prosseguir o caminho. Que provação para Jairo não é mesmo? Mas ele também ouviu o testemunho da mulher e certamente foi muito edificado e encorajado, uma vez que ele presenciou uma cura que Jesus fez, alimentando a sua esperança de que Jesus poderia curar sua filha também.

 

Jesus poderia deixar passar desapercebido este feito, mas ele insistiu que fosse revelado quem havia tocado nele para que fosse revelado um feito que edificaria não só a multidão mas também Jairo, principalmente pelo que viria a seguir.

 

4 – Incredulidade / Fatos

 

Sua filha morreu. Não incomode mais o Mestre.” (Lc 8:49)

 

Jairo acabara de presenciar a cura de uma mulher que sofria a 12 anos e que como ele, procurou vários médicos mas não obteve sucesso, então, alguém veio da casa de Jairo e disse que a sua filha já havia morrido e que não adiantaria mais nada. Neste instante Jairo poderia jogar todo o seu esforço fora e desistido de tudo. Poderia ter acusado Jesus e a mulher que o havia pardo de ter demorado e por este motivo não ter conseguido chegar a tempo na casa dele para curar a sua filha, mas ao contrário, após ser encorajado por Jesus (Lc 8:50) Jairo obedeceu a Jesus e apenas creu que ainda seria possível. Ele pode colocar em prática a fé que a mulher curada do fluxo de sangue teve. Ele não desistiu, mas creu que Jesus poderia até mesmo ressucitar sua filha.

 

Havia neste momento, uma atmosfera de incredulidade onde todos já não acreditavam que seria possível que a menina voltasse a ficar bem. Todos já creram apenas no fato de a menina estar morta e choravam (Lc 8:52), pois era a única coisa que poderiam fazer.

 

5 – Ridículo

 

Todos começaram a rir dele…” (Lc 8:53)

 

Ao chegar na casa de Jairo, Jesus tentou animar os que ali estavam dizendo palavras de fé que poderiam enchê-los de esperança: “Não chorem […] Ela não está morta, mas dorme.” (Lc 8:52), mas as pessoas não acreditaram e zombaram de Jesus rindo dele.

 

Mais uma vez, Jairo poderia ter desistido de tudo e descrido, das coisas que viu e ouviu de Jesus. Ele poderia acreditar nas pessoas que estavam com a menina, e não acreditado em Jesus, pois ele ainda não havia visto a menina, contudo Jairo se apegou em sua fé e continuou crendo que seria possível, mesmo passando por ridículo perante todos. Ele não se importava, queria sua única filha viva, custasse o que custasse.

 

No final do capítulo 8 podemos ver como a história terminou: “Mas ele a tomou pela mão e disse: ‘Menina, levante-se!’ O espírito dela voltou, e ela se levantou imediatamente. Então Jesus lhes ordenou que lhe dessem de comer. Os pais dela ficaram maravilhados…” (Lc 8:54-56)

 

Jairo em momento algum se deixou abater pelas circunstâncias e dificuldades, pelo contrário, superou cada uma delas para que depois de tudo pudesse se maravilhar e ter sua filha novamente saudável em seus braços.

 

Que atitudes exemplares a de Jairo para nós!

 

Meu desejo e que possamos também transpor nossos obstáculos para que depois de tudo, nos maravilhemos nas boas obras que o Senhor tem para nós.

 

Ajuda-nos Senhor!

 

Abraços


3 Responses to “A Preparação de Jairo”


  1. 1 sandra mara
    26 novembro, 2008 às 1:54 pm

    foi de grande ajuda para mim a historia de jairo,que JESUS os abençoe grandemente.

  2. 2 luciene
    17 dezembro, 2008 às 5:36 pm

    muito linda sua explicação amei, ela nos mostra que custe o que custar precisamos confiar no senhor pq ele é fiel para cumprir todas as sua promessas.

  3. 3 DOUGLAS
    19 julho, 2009 às 9:41 pm

    PARABÉNS,É DISSO Q PRECISAMOS NO NOSSO DIA A DIA, DE PALAVRAS Q NOS EDIFIQUEM E NOS FORTALEÇA PARA Q POSSAMOS RESISTIR O DIA MAL.


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


"Lembrem-se dos primeiros dias, depois que vocês foram iluminados..." Hebreus 10:32
outubro 2008
D S T Q Q S S
« set   nov »
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031  

Categorias


%d blogueiros gostam disto: